Card image
Competições
Honda GP Brasil de Motocross

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 22/05/2012
  • Por: admin

<p>Foi dada a largada para o Honda GP Brasil de Motocross, que compreende a 5ª etapa do Campeonato Mundial de Motocross, organizado pela Federação Internacional de Motociclismo. O palco deste espetáculo foi a pista localizada no parque Beto Carrero World em Penha, Santa Catarina. Pilotos de diferentes países se reuniram nos últimos 19 e 20 deste mês para correr atrás de mais alguns pontos no campeonato.<br />
<br />
Na manhã do sábado, 19, a pista, recém-reformulada, recebeu os principais pilotos do mundial para o primeiro treino livre. O destaque da MX1 ficou por conta de Antonio Cairoli, da Red Bull Factory Racing que marcou a melhor volta com 208462. Logo atrás, Kevin Strijbos, da HM Plant KTM UK, seguido por Clement Desalle da Rockstar Energy Suzuki. O melhor brasileiro nos treinos foi Jean Ramos, que, com sua Kawasaki marcou 216335 e ficou com o 15º melhor tempo. Balbi ficou em 17º e Leandro Silva em 22º.<br />
<br />
Já no período vespertino, aconteceram os treinos classificatórios, onde o público, que compareceu em peso, pode conferir a corrida contra o tempo dos pilotos. Na categoria MX2, Jeffrey Herlings fez o melhor tempo com um total de 25’04’’288, além de marcar a melhor volta com 2’02’’340. Em segundo ficou Tommy Searle com 25’30’’583 seguido por Jeremy Van Horebeek que marcou 25’47’’518. O melhor brasileiro foi Hector Assunção em 17º com 27’05’’573, seguido por Anderson Amaral, Thales Vilardi e Eduardo Lima, 19º, 20º e 21º respectivamente. Na MX1, o italiano Antonio Cairoli fez o melhor tempo, seguido por Paulin Gautier e Clement Desalle. Entre os brasileiros, Jorge Balbi Jr. fez uma boa corrida e chegou na 18ª posição. Logo atrás veio Leandro Silva e Wellington Garcia. Cairoli novamente marcou a volta mais rápida com 2’05’’629.<br />
<br />
<span style="font-weight: bold;">1ª bateria</span><br />
<br />
No domingo, 20, após chover toda a noite, a pista amanheceu coberta de poças de água e muita lama. E foi neste cenário que os pilotos alinharam no gate para a primeira bateria da etapa.<br />
<br />
Em uma bateria em que a resistência e a habilidade em terrenos escorregadios contou muito, quem cruzou a linha de chegada na frente, na categoria MX2 foi Tommy Searly, tendo logo atrás o francês Christophe Charlier em segundo e o belga Jeremy Van Horebeek em terceiro. Hector Assunção e Thales Vilardi encontraram dificuldades devido às condições da pista. Marçal Muller segurou firme e conquistou a 16ª colocação, Thales terminou em 18º lugar como segundo melhor brasileiro. Hector ficou na 22ª posição.<br />
<br />
Já na MX1, Christophe Pourcel recebeu a bandeirada em primeiro, seguido pelo italiano David Philippaerts em segundo e Gautier Paulin em terceiro. O piloto goiano, Wellington Garcia fechou em 18º e Balbi foi o 21º.<br />
<br />
<span style="font-weight: bold;">2ª bateria</span><br />
<br />
Na MX2, o inglês Tommy Searly vence e faz a dobradinha do dia, seguido pelo francês Christophe Charlier na segunda colocação e o Jose Butron em terceiro. Entre os brasileiros, Marçal Muller teve a melhor classificação, terminando em 18º.  Endrews Armstrong ficou em 20° e Thales Vilardi em 21°.<br />
<br />
Ainda na largada, o líder do campeonato, Cairoli caiu e perdeu posições deixando a vitória para Xavier Boog. Clement Desalle foi segundo, seguido por Chirstophe Pourcel. Jorge Balbi Jr. foi o melhor piloto nacional conquistando o 16º lugar.<br />
<br />
<span style="font-weight: bold;">Novidades em Competições</span><br />
<br />
Durante coletiva realizada no final da etapa, Lincoln Duarte informou que está deixando a presidência da Liga Nacional de Motociclismo para assumir a diretoria internacional. Duarte também falou sobre algumas novidades em competições a serem realizadas no Brasil. Entre esses eventos, está o Mundial de Motocross que teve o contrato renovado até 2015, além do Mundial de Motocross Feminino, que já está em negociação. Campeonatos da categoria Supermotard e Supercross também estão sendo cotados para serem realizados no país.</p>

Conteúdo Recomendado

Comentários