Card image
Competições
Comissão internacional inspeciona Canelinha

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 17/11/2008
  • Por: admin

<p>As movimentações para a etapa brasileira do Campeonato Mundial de Motocross já começaram em Canelinha, cidade catarinense que será palco da disputa no dia 13 de setembro de 2009. O Honda GP Brasil teve inspeção técnica neste final de semana. Uma comissão formada por representantes da Federação Internacional de Motociclismo (FIM) e da YouthStream, organizadora do Mundial, foi recebida pelos organizadores locais para discutir assuntos relevantes, como pista e infra-estrutura.</p>

<p>A prova brasileira será a penúltima entre 17 etapas previstas no calendário da competição que reúne as feras das principais categorias, a MX1 e a MX2. “Esperamos que os títulos sejam definidos aqui no Brasil, o que geraria ainda mais interesse nos pilotos e na imprensa internacional”, comentou Wilson Yasuda, gerente de competições da patrocinadora Honda do Bra sil.</p>

<p>A inspeção determinou que o circuito contará com uma nova pista que ocupará outra área do local, aproveitando o relevo natural da região. Yasuda aprova a resolução e afirma que ela só irá contribuir para o sucesso do evento. “O local atual possui um bom desnível, mas onde será feita a nova pista é melhor. Conta com aclives e declives muito favoráveis. Além disso, a área dos boxes deve ser melhorada.”</p>

<p>O tradicional motódromo de Canelinha funciona há 30 anos. A construção da nova pista também será uma oportunidade de adequá-la aos padrões internacionais. “De acordo com as normas atuais, a área da largada não pode fazer parte da pista. Com esse novo local ficará mais fácil colocá-la no padrão internacional”, completou o gerente de competições.</p>

<p>Participaram da inspeção técnica em Canelinha o diretor-esportivo de motocross da FIM, Dave Nicoll, o diretor-geral da YouthStream, Nikos Gounaris, e o designer de pistas da YouthStream, Greg Atkins, além de Alexandre Caravana (presidente da Confederação Brasileira de Motociclismo), Onílio Cidade Filho (presidente da Federação de Motociclismo de Santa Catarina) e Rafael Rocha (gerente de produto do jornal Lance!, realizador da prova).</p>

<p>Durante a visita, os representantes também analisaram hotéis, hospitais, aeroportos da região e toda a infra-estrutura necessária para a realização da competição.</p>

<p>As últimas provas internacionais da modalidade realizadas no Brasil foram em 2000, com o Mundial de 250cc em Belo Horizonte (MG) e de 125cc em Indaiatuba (SP).</p>

<p><strong>Calendário – Mundial de Motocross 2009 (MX1 e MX2):</strong></p>

<p>29 de março – GP Itália – Faenza<br />
5 de abril – GP Bulgária – Sevlievo<br />
12 de abril – GP Turquia – Istambul<br />
26 de abril – GP Benelux – Valkenswaard (Holanda)<br />
10 de maio – GP Portugal – Agueda<br />
17 de maio – GP Catalunha – Bellpuig (Espanha)<br />
31 de maio – GP Grã Bretanha – Mallory Park (Ingla terra)<br />
7 de junho – GP França – Ernée<br />
21 de junho – GP Alemanha – Teutschenthal<br />
28 de junho – GP Letônia – Kegums<br />
5 de julho – GP Suécia – Uddevalla<br />
19 de julho – GP África do Sul – Nelspruit<br />
2 de agosto – GP Bélgica – Lommel<br />
9 de agosto – GP República Checa – Loket<br />
30 de agosto – GP Holanda – Lierop<br />
13 de setembro – Honda GP Brasil – Canelinha (SC)<br />
20 de setembro – GP Estados Unidos – local a definir</p>

<p><strong>Provas internacionais de motocross já realizadas no Brasil:</strong> </p>

<p>1987 – Mundial de 250cc – Campos do Jordão (SP)<br />
1990 e 1991- Mundial de 125cc – Campos do Jordão (SP)<br />
1993 – Mundial de 125cc – Guarujá (SP)<br />
1996 a 2000 – Mundial de 250cc – Belo Horizonte (MG)<br />
1998 a 2000 – Mundial de 125cc – Indaiatuba (SP)<br />
1999 – Motocross das Nações – Indaiatuba (SP)</p>

Conteúdo Recomendado

Comentários