Card image
Competições
Bianchini Rally terá chef e “retornos” no Sertões 2020

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 26/10/2020
  • Por: Willian Teixeira

Fundada em 2005 por Fabricio Bianchini, a equipe Bianchini Rally será representada no Sertões 2020 por sete motocicletas e terá alguns retornos . “Teremos 15 competidores, sendo sete nas motos e quatro UTVs. Alguns deles já fazem parte da família do rali há anos, e os novos que estão chegando são super bem-vindos”, afirma o gaúcho Bianchini, que é chefe da equipe e que está em seu 20º Sertões este ano.

Entre as motos, um dos destaques vai para o chef Olivier Anquier, que vai participar da prova pela primeira vez. Com uma moto Husqvarna FE 350, o chef, empresário e apresentador de TV vai vivenciar uma experiência que sempre quis ter, a aventura da competição e conhecer lugares de um Brasil ainda desconhecido por ele.

Bianchini Rally terá chef e "reestreias" no Sertões 2020
Mauricio Fernandes e o chef Olivier Anquier (Divulgação)

Veja também:
Sertões tem novo formato e recorde de inscritos em 2020
Sertões 2020: Honda busca seu 10º título nas motos
Comece bem a semana com o Resumo MOTOCICLISMO

“É um sonho que se realiza. É uma experiência, que queria ter pelo menos uma vez na vida, pois essa tradição de rali e enduro vem principalmente da França, tanto que Thierry Sabine criou o Paris-Dakar e acompanhei desde a adolescência. Sempre pilotei motos, mas nunca competi e será uma alegria, uma emoção intensa, mas minha intenção é completar o Sertões, passei da idade de quer chegar em primeiro lugar”, comenta Anquier.

Após 15 anos, Mauricio Fernandes retorna ao Sertões. Empresário e piloto experiente, o paulistano já disputou sete edições, tem um título de categoria e já foi vice-campeão geral. Ele corre com a Husqvarna FE 450. “Minha última participação foi em 2005 e me preparei para esse retorno. Além das competições de enduro, esse ano consegui fazer algumas provas de Rally Baja e conquistei algumas vitórias. O desafio de acelerar entre São Paulo ao Maranhão será bom e estou muito animado para essa edição”, diz Fernandes.

Bianchini Rally terá chef e "reestreias" no Sertões 2020
Mauricio Fernandes retorna ao Sertões em 2020 (Sanderson Pereira)

Quem também volta as motos no Sertões é Marcos Colvero, gaúcho de Porto Alegre que faz sua sétima participação no rali. “Estou bastante empolgado. Após ter vivenciado a experiência nos UTVs em 2019, voltar para as motos tem um gosto especial, ainda mais este ano no qual tenho uma motivação a mais: estou brigando pela ponta no Campeonato Brasileiro na Over 45. Seguramente será um Sertões muito duro, com bons competidores na categoria e será bem disputado, então com certeza será bem divertido”, afirma Colvero.

Bianchini Rally terá chef e "reestreias" no Sertões 2020
Após acelerar um UTV no Sertões 2019, Marcos Colvero volta para as motos no Sertões (Claudiney Sandro/DFotos)

André Guerra é outro que volta a acelerar nas motos após um intervalo de três anos. “Será o meu desafio pessoal sendo realizado. Às vezes o desconhecido é mais fácil de enfrentar porque não sabemos o que vamos encontrar pela frente. É um momento único e estou muito feliz em fazer parte dessa história, em minha terceira participação, ainda mais em uma equipe com a Bianchini Rally/Power Husky que é minha família no rali”, destaca Guerra.

Bianchini Rally terá chef e "reestreias" no Sertões 2020
André Guerra volta a correr o Sertões após três anos (Divulgação)

Rodrigo Montemor está muito animado para esse seu retorno à competição. “É um momento de lazer, encontrar os amigos, tirar o estresse do dia a dia do mercado financeiro e quero curtir o Sertões. É muito legal poder cruzar o Brasil, passar pelo desafiador Jalapão, entrar nas areias dos Lençóis Maranhenses”, ressalta o piloto, que conta com duas edições do Sertões no currículo, sendo a última em 2016.

Além de Olivier, Vinicius Rodrigues e Guto Bogo também estreiam no Sertões em 2020 com a equipe Bianchini Rally. O primeiro disputa a prova com uma Honda CRF 250F, enquanto o segundo acelera a Husqvarna FE 501.

Guto Bogo, um dos estreantes do Sertões 2020 (Henrique Santos/Photoaction)

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter