Card image
Competições
Bárbara Neves vai ao pódio no Enduro Internacional Feminino

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 21/10/2019
  • Atualizado: 21/10/2019 às 9:14
  • Por: Willian Teixeira

Bicampeã brasileira e latino-americana, Bárbara Neves participou, neste domingo, do Enduro Internacional Feminino, disputado na cidade de Lousada, em Portugal, a cerca de 350 quilômetros da capital Lisboa.

A prova reuniu mais de 40 mulheres e foi marcada pelo alto nível técnico das competidoras e do percurso, que teve chão liso, pedras e deslocamentos que exigiram muita perícia das participantes. A brasileira terminou na terceira colocação. A competição teve como vencedora a piloto da casa, Rita Vieira, seguida por sua compatriota, Bruna Antunes.

Veja também:
Começou o Moto de Ouro 2019. Participe você também!
Conheça os campeões do Brasileiro de Enduro FIM 2019
Honda CB650R e CBR650R: base renovada

O desafio foi formado por três voltas em um circuito de 31 quilômetros, o qual incluiu duas especiais (trechos cronometrados): um Enduro Teste e um Cross Teste. “Foi uma experiência incrível, com um resultado muito importante. A prova foi duríssima, tive que superar muitas dificuldades para seguir firme no objetivo de chegar até o pódio”, conta a piloto goiana competiu com a motocicleta Honda CRF 250RX.

Bárbara liderava a prova na primeira volta, mas sofreu uma queda que a fez perder tempo considerável. Após o incidente, a piloto focou em uma prova de recuperação e alcançou o terceiro lugar da classificação geral e da Pro, categoria de elite que a brasileira de 19 anos era a mais jovem.

“Choveu bastante durante a semana, o que dificultou ainda mais o percurso por causa do barro e do piso escorregadio. Os deslocamentos eram difíceis e com controles de horário bastante justos, então foi preciso acelerar como se fosse em uma especial. Eu sofri a queda no Enduro Teste, em uma reta muito rápida, com capim alto, havia uma pedra escondida que bateu na roda da frente da moto. Foi um susto, mas consegui continuar e buscar o resultado”, relata a piloto.

Essa foi a segunda vez que Bárbara participou do desafio em solo português. A primeira foi em 2016, quando ela também alcançou o terceiro posto. “Senti uma evolução muito grande das meninas, com relação a 2016, e espero continuar evoluindo também para buscar um resultado ainda melhor no ano que vem”, encerra Bárbara Neves, a primeira mulher a integrar o time oficial na história da Honda Racing Brasil.