A 2ª edição do MotoTest, evento de test-ride de motos, reuniu novamente no Campo de Provas da Pirelli, em Sumaré (SP), BMW, Ducati, Kawasaki e Yamaha. Ao todo, foram disponibilizados mais de 30 diferentes modelos, desta vez, maxitrails, trails, nakeds, scooters e 'especiais' (modelos que não têm uma categoria única específica) para serem pilotados por mais de 150 pessoas, em cerca de 1.500 testes, durante um dia inteiro e em uma pista com segurança, espaço e tempo suficientes para um verdadeiro test-ride - o grande diferencial deste evento.

Motos BMW à disposição dos motociclistas que foram ao MotoTest, incluindo a F 700GS, novidade da marca no Brasil

Destaque para as potentes BMW R 1200 GS, F 800GS, S 1000 XR, o lançamento F 700 GS; as cobiçadas Ducati Multistrada Enduro, XDiavel, Diavel, Scrambler, Monster, Hypermotard; as atrativas Kawasaki Versys 1000, Versys 650, Vulcan S, Z1000, Z800, Z300 e o extenso line-up da Yamaha com a Super Ténéré 1200, Ténéré 660, MT-09 Tracer, MT-09, MT-07, MT-03 e os scooters T-Max, N-Max e Neo 125.

Motos da BMW, Kawasaki, Ducati e Yamaha à disposição dos interessados em um test ride

Quem também participou do evento foi a Vespa, marca ícone dos anos 80, que retomou as operações neste ano no Brasil. Os scooters Primavera e Primavera 125, que em breve estarão disponíveis para testes, estiveram em exposição. Além de pilotar várias máquinas, os participantes puderam testar equipamentos de proteção (capacetes, luvas, jaquetas, entre outros) de Alpinestars, Bell, LS2, Tutto e Shoei. Além das motos para teste, o evento também contou com uma praça de alimentação com food trucks, música ambiente e distribuição de brindes.

As marcas tinha estandes montados no evento, com condições diferenciadas para os interessados em comprar uma nova moto, após os test rides

O projeto do MotoTest foi idealizado por Bruno Corano, instrutor-chefe da MotoSchool, escola de pilotagem. “Tivemos duas ótimas experiências em 2016 com esse novo evento. Tudo que é novo, sempre precisa de alguns ajustes. E foi exatamente o que fizemos para esta segunda edição. Aprimoramos a estrutura, reordenamos a operação e o atendimento rumo ao formato ideal que atenda com excelência os interesses tanto das fábricas quanto dos clientes”, ressalta Corano.

Bruno Corano

Com objetivo de reunir em um mesmo ambiente oportunidades de negócios e entretenimento dos motociclistas, o MotoTest continua em 2017 com cinco edições ao longo do ano. “Vamos definir em breve as datas e categorias que vamos ter em cada ocasião. O modelo deu certo, vendas foram concretizadas durante e após os eventos. Agora é evoluir o projeto, trazer mais fábricas e parceiros para que MotoTest continue sendo um sucesso”, finaliza Corano.

Veja Também